Lifestyle

Deixa que eu faço a sobremesa!

Um doce mais especial não precisa necessariamente ser difícil de fazer. Ficou encarregado de preparar a sobremesa do Natal ou do réveillon? Confira receitas descomplicadas que fazem o maior sucesso.

Foto: Divulgação Lia Quinderé
PUBLICIDADE

Um doce mais especial para as festas de fim de ano pode ser fácil de fazer. Ficou encarregado de preparar a sobremesa para a ceia de Natal ou do réveillon?

Ok, a gente pode passar as festas sem aglomeração, sem viagem e até sem abraço à meia-noite. Mas sem doce já é demais! Se não é o momento para a grande reunião familiar, todo mundo merece fechar o ano com uma refeição caprichada, com direito a uma ou mais sobremesas festivas. ELLE selecionou 11 receitas fáceis e descomplicadas de doces, criadas por experts no assunto, que vão alegrar suas comemorações! Eles ainda indicam o acompanhamento ideal para suas criações e dão dicas de como transportá-las, caso o petit comité não seja na sua casa.

Receita de torta linzer

Torta com recheio de geleia vermelha e decoracao de estrelas

Com um acabamento caprichado, a torta vira parte da decoração da mesa.

Foto Rodolfo Gianini

"Essa torta natalina é realmente a minha favorita para mandar/levar no Natal. Ela é bem fácil de fazer, porque o recheio é de geleia. Então, você só tem que se preocupar com a massa e, claro, comprar uma boa geleia! Se sobrar massa, dá para fazer uns biscoitinhos deliciosos para presentear."
Lu Bonometti, confeiteira e sócia da Casa Bonometti, na capital paulista. No menu do local, destaque para biscoitos, cookies, pães e bolos. A torta Linzer é vendida por lá sob encomenda.

Tempo de preparo: 1 hora

Rendimento: uma torta com 24 cm de diâmetro (10 a 12 pedaços)

Ingredientes

200 g de manteiga em temperatura ambiente
1 xícara (120 g) de açúcar de confeiteiro
1 ovo
2 xícaras (310 g) de farinha de trigo
2 xícaras (250 g) de farinha de amêndoas
1 colher (chá) de canela em pó
1 colher (chá) de cravo em pó
1 colher (chá) de sal
350 g de geleia da fruta vermelha de sua preferência

Modo de fazer

1. Na batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme.

2. Adicione o ovo e bata até ficar bem homogêneo.

3. Incorpore, aos poucos, os dois tipos de farinha, as especiarias e o sal até obter uma massa homogênea (caso sua batedeira não seja muito forte, faça essa etapa misturando com uma espátula).

4. Divida a massa em 2 partes, uma com 1/3 e a outra com 2/3 do total. Achate com as mãos cada uma dessas partes formando 2 discos de tamanhos diferentes.

5. Envolva em filme-plástico e leve à geladeira por, no mínimo, 30 minutos.

Montagem

1. Preaqueça o forno a 180 °C.

2. Abra o disco maior com um rolo, na espessura de aproximadamente 1 cm e, com ele, forre uma fôrma baixa de fundo removível (com aproximadamente 24 cm de diâmetro).

3. Pressione a massa contra as paredes da fôrma para que ela fique uniforme. Reserve.

4. Em uma tigela, mexa vigorosamente a geleia para que sua textura fique menos gelatinosa. Coloque sobre a massa reservada, deixando 5 mm abaixo da borda para não transbordar durante o cozimento.

5. Abra a porção menor de massa com um rolo, também com 1 cm de espessura e, com uma faca, corte-a em tiras da largura de um dedo e comprimento, um pouco maior que o diâmetro da torta, para poder grudar essas extremidades na massa da borda. Você pode cortá-la também com cortadores de formatos divertidos, como corações ou estrelas.

6. Coloque as tiras sobre a torta, primeiro em um sentido e, depois, em outro, para fazer um efeito xadrez. Ou faça a arte que desejar, com corações ou estrelas, por exemplo.

7. Leve ao forno preaquecido a 180 ºC por 40 minutos ou até que a massa doure e a geleia borbulhe levemente.

8. Aguarde esfriar para desenformar. Caso vá transportar a torta, leve na própria fôrma e desenforme na hora de servir.

Receita de torta de cioccolato fondente

torta de chocolate densa

Esta torta só leva seis ingredientes, portanto, capriche na escolha do chocolate.

Foto: Divulgação Eataly

"Chocolate é bem-vindo em qualquer refeição. Sempre foi e será um ingrediente nobre. Gosto dessa receita, pois é de fácil execução e pode ser feita com antecedência, o que facilita para datas comemorativas."
José Barattino, chef-executivo do Eataly Brasil, na capital paulista. O endereço abriga restaurantes, cafeterias, confeitarias, bar de vinhos e mercado de produtos gastronômicos, preferencialmente de origem italiana. A torta di cioccolato é um dos hits da padaria do local.

Tempo de preparo: 1 h 20

Rendimento: 8 porções

Ingredientes

500 g de açúcar
180 g de farinha de trigo
400 g de chocolate com 70% de cacau
285 g de chocolate ao leite
500 g de manteiga
10 ovos

Modo de preparo

1. Preaqueça o forno a 180ºC.

2. Derreta os chocolates e a manteiga em banho-maria (encaixe uma tigela refratária em uma panela com água, sem deixar encostar o fundo do recipiente no líquido. O calor do vapor é suficiente para derreter os ingredientes).

3. Em uma tigela funda, misture os ovos com o açúcar e a farinha e misture com um batedor de arame até que a mistura fique homogênea.

4. Quando o chocolate e a manteiga estiverem derretidos, tire do fogo e adicione à tigela, mexendo bem com o batedor.

5. Despeje a mistura em uma fôrma redonda (cerca de 38 cm de diâmetro) forrada com papel-manteiga.

6. Asse em forno preaquecido a 180º C por 25 minutos. Deixe esfriar em temperatura ambiente por cerca de 1 hora.

7. Depois desse tempo, ela está pronta para ser servida. Dica do chef: corte a torta em fatias e sirva com uma bola de sorvete ao lado. Se for transportar, leve a torta na fôrma.

Receita de suspiro de natal de chocolate

pilha de suspiros com chocolate

O forno bem baixinho garante suspiros sequinhos por fora e úmidos por dentro.

Foto: Divulgação Mesa III

"Suspiro é guloseima de infância! Sobras de claras, transformadas pela mãe em nuvens que derretem na boca… Sonhos guardados em potes proibidos no alto da prateleira do armário da cozinha. Acho esse doce muito especial e por isso combina com qualquer festividade. Quando sirvo, adoro montar os pratos de cada convidado com alguns suspiros de chocolate inteiros (ou em pedaços), figos roxos frescos, chantilly (que pode ser mascarponado ao cacau) e, por cima, ainda despejo um pouco de calda amarga de cacau. Mas eles sozinhos já fazem a alegria dos convidados."
Ana Soares, chef da Mesa III Rotisseria, na capital paulista, que tem as massas artesanais entre os hits de seu menu. O suspiro de chocolate faz sucesso entre os doces da Ana. Recentemente, ela também lançou a Portinhola, serviço de delivery para o almoço, com criações frescas e receitas comfort.


Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: 30 a 40 suspiros

Ingredientes

280 g de açúcar impalpável
320 g de açúcar refinado
400 g de claras (aproximadamente 12 ovos)
100 g de chocolate meio amargo

Modo de preparo

1. Misture as claras com o açúcar e aqueça em banho-maria até dissolver todos os grãozinhos.

2. Em seguida, bata na batedeira (em velocidade média) até esfriar.

3. Derreta o chocolate em banho-maria ou no microondas (mexendo de 30 em 30 segundos) e acrescente-o às claras batidas. Não bata, só misture levemente em ondas, manchando as claras, sem deixar homogêneo.
4. Com a ajuda de 2 colheres, faça bolas e disponha em uma assadeira forrada com papel-manteiga, com uma boa distância entre eles para que não grudem um no outro.

5. Asse em forno baixo (100º C) por mais ou menos 1 hora, até ficar seco por fora e úmido por dentro (caso seu forno não chegue a essa temperatura, use um calço, como uma colher de pau, para deixar a porta do forno entreaberta).

6. Espere esfriar completamente e guarde em recipiente seco e bem tampado, intercalando com papel-toalha para retirar a umidade. Guarde em temperatura ambiente. Se for transportar, leve os suspiros dentro de um recipiente fechado.

Receita de bolo de castanha-do-pará para o Natal

torta recebendo chuva de acucar

Para um ar mais natalino na torta, chuva de açúcar nela!

Foto: Divulgação Mariilia Zylbersztajn

"Castanhas não podem faltar no Natal! Eu criei essa receita de castanha especialmente para a loja a partir de uma receita de torta de Santiago que eu fazia e gostava muito. Testei com a castanha-do-pará no lugar e deu certo! A partir daí, comecei a fazer alguns ajustes na quantidade da massa e algumas outras adaptações para chegar a como ela é hoje. Para quem for fazer em casa, há alguns detalhes importantes que fazem toda a diferença, como usar a castanha ralada. É isso que dá leveza e a untuosidade certa ao doce. Se for triturada, o bolo vai ficar extremamente pesado. Se for usada alguma farinha de castanha comprada, vai ficar seco. Dica para servir? Para uma sobremesa mais dramática, uma calda de chocolate com 70% de cacau combina muito. Já para um efeito mais fresco, um sorvete de nata ou até de limão também caem bem!"
Marilia Zylbersztajn, chef confeiteira da premiada doceria que leva o seu nome na capital paulista. Bolos, tortas e outros doces delicados são alguns dos destaques entre suas criações com dulçor na medida certa. O bolo de castanha-do-pará está no cardápio da loja.

Rendimento: 1 assadeira de 23 cm de diâmetro e 5 cm de altura
Tempo de preparo: 1 hora

Ingredientes

5 ovos
255 g de açúcar
raspas de 1 limão
1 colher de chá de canela em pó
375 g de castanha-do-pará
50 g de óleo de coco em estado líquido + 5 g para untar
10 g de fécula de batata para untar

Modo de fazer

1. Unte a assadeira com óleo de coco e polvilhe com fécula de batata.

2. Preaqueça o forno a 180°C.

3. Rale a castanha-do-pará em um ralador superfino

4. Bata na batedeira os ovos com açúcar até dobrar de volume, em velocidade alta, por 5 minutos.

5.Acrescente raspas de limão e a canela e bata por mais 2 minutos.

6.Acrescente a castanha ralada aos poucos, sem parar de bater.

7.Acrescente o óleo de coco e bata somente até incorporar.

8.Despeje na assadeira preparada (já untada).

9.Asse em forno preaquecido a 180º C por 40 minutos. Ou faça o testo do palito: ele deve sair limpo ao ser espetado na massa.

10. Caso precise transportar o bolo, utilize uma caixa de papelão ou deixe na fôrma coberta com papel-alumínio.

Receita de toucinho do céu

tres fatias de toucinho do ceu polvilhadas com acucar

Pedacinho do céu: ovos e açúcar fazem a maravilha dos doces conventuais.

Foto: Divulgação Rancho Português

"Há muitas versões dessa sobremesa tradicional de origem portuguesa. A que fazemos aqui no restaurante vem da região do Alentejo, que tem uma das receitas mais apreciadas. Aprendi a fazê-la há sete anos com o nosso confeiteiro Josias Carlos. Combina muito bem com vinho do Porto."
Valdeci Castro, chef do Rancho Português, casa especializada em criações da culinária lusitana, com unidades em São Paulo (capital e interior) e Rio de Janeiro (capital).

Rendimento: 8 a 10 porções.

Tempo de preparo: 1 hora e 25 minutos.

Ingredientes

300 g de amêndoas (picadas e sem sal)
345 g de gema (6 ovos)
210 g de clara (4 ovos)
700 g de açúcar
300 ml de água
1 colher (chá) de amido de milho
10 ml de essência de amêndoa
1 colher (sopa) de manteiga para untar
1 xícara (café) de farinha de trigo para untar
1 xícara (café) de açúcar de confeiteiro para finalizar
10 g de amêndoas inteiras (torradas na frigideira por 2 minutos) para decorar.

Modo de fazer

1. Coloque em uma panela, a água e o açúcar. Deixe por 2 min em fogo alto.

2. Em uma batedeira adicione as gemas, as claras, as amêndoas e o amido de milho. Bata por 5 minutos.

3. Coloque os ingredientes da batedeira na água com açúcar que já está fervendo na panela e acrescente a essência de amêndoa. Coloque em fogo médio, mexendo por 15 minutos, até a mistura ficar bem homogênea.

4. Em seguida, despeje o conteúdo da panela em uma fôrma (de preferência, de fundo falso, com aproximadamente 23 cm de diâmetro) untada com farinha de trigo e manteiga.

5. Cubra a fôrma com papel-alumínio, leve ao forno preaquecido a 150 ºC em banho-maria por 30 minutos. Mantenha sempre essa temperatura. Retire o papel-alumínio e mantenha o doce no forno por mais 15 minutos.

6. Retire do forno e deixe esfriar por 20 minutos. Tire o toucinho da fôrma e coloque em outro recipiente de sua escolha.

7. Peneire o açúcar de confeiteiro por cima do doce e decore com as amêndoas torradas. Para transportar, mantenha na fôrma.

Receita de bonet à piamontese (pudim de cacau com Amaretto)

Fatia retangular de bonet a piemontese

O bonet pode ser feito em assadeiras ou forminhas individuais. Você também pode acrescentar um biscoito amaretto para decorar.

Foto: Divulgação

"É uma sobremesa tradicional da região italiana do Piemonte. É feita normalmente junto com as produções do vinho Barolo (ambos são da mesma região) e harmonizam muito bem juntos. Costuma ser servida em formato redondo, o que se relaciona com o nome do doce, já que bonet significa chapéu."
Lucas Franco, chef do Locale Trattoria, casa especializada em culinária italiana, integrada a uma loja de vinhos.

Tempo de preparo: 40 minutos

Rendimento: 8 porções (forminhas de inox de 8 cm de diâmetro por 3 cm de altura aproximadamente)

Ingredientes

Pudim
3 ovos
500 ml de leite integral
100 g de açúcar
30 g de açúcar para a calda
300 g de chocolate com 50% de cacau
30 ml de licor Amaretto
20 g de biscoito amaretto (biscoito de amêndoas)

Ganache
200 g chocolate meio amargo
150 g creme de leite fresco
15 ml dose de licor amaretto

Modo de fazer

1. No liquidificador, bata os ovos com metade do açúcar até ficar uma mistura de coloração mais clara. Adicione o licor Amaretto e bata mais um pouco até ficar homogêneo

2. Em uma panela, coloque o leite, chocolate e o restante do açúcar e esquente até dissolver os grãozinhos.

3. Coloque o líquido da panela e do liquidificador em uma batedeira e bata com velocidade alta.

4. Acrescente o biscoito amaretto quebrado em pedaços pequenos. Misture com uma espátula. Reserve.

5. Para a ganache, ferva o creme de leite com o licor. Tire do fogo e incorpore o chocolate em pedaços com uma espátula de silicone. Misture até obter uma mistura lisa. Reserve.

6. Misture os 30 g de açúcar com 15 ml de água e leve ao fogo até obter uma calda em ponto de caramelo claro. Despeje a calda no fundo das forminhas.

7. Adicione aos poucos o bonet nas forminhas.

8. Leve ao forno preaquecido a 180 ºC, em banho-maria, por 20 minutos. Caso tenha forno combinado, leve para assar a 140 ºC e 100% vapor por 20 minutos.

9. Caso precise transportar o pudim, leve nas forminhas e desenforme na hora. Derrame a calda de ganache sobre o doce na hora de servir.

Receita de sorvete de chocotone com ganache de chocolate para ceia de Natal

sorvete de chocotone com chocotone ao fundo

Sorvete, chocotone e ganache: que trio!

Foto: Divulgação Lia Quinderé

"Quis transformar um doce simples e tradicional, como o chocotone, em uma sobremesa especial para os que vão partilhar a ceia comigo. Essa receita surpreende e é deliciosa."
Lia Quinderé, chef pâtissière que está à frente da marca Sucré Patisserie e ensina técnicas da confeitaria, empreendedorismo, e gestão aplicada à confeitaria.

Tempo de preparo: 15 minutos + tempo de congelamento.

Rendimento:
10 porções

Ingredientes

Sorvete
400 g de leite condensado
300 g de creme de leite fresco
50 g de chocolate com 70% de cacau
200 g de chocotone de sua preferência em pedaços

Ganache:
200 g de creme de leite
100 g de chocolate ao leite

Modo de fazer

Sorvete
1. Bata o creme de leite e o leite condensado no liquidificador até ficar cremoso.

2. Derreta o chocolate com 70% de cacau no microondas (30 segundos) ou no banho-maria (até derreter).

3. Em um bowl, adicione a mistura do liquidificador e o chocolate e, com o auxílio de uma espátula, misture delicadamente.

4. Misture, então, o chocotone em pedaços. O chocotone deve ficar bem mesclado à massa.

5. Despeje tudo em uma travessa (de 10 cm a 15 cm de diâmetro) e leve ao congelador até firmar.

Ganache

1. Em uma panela, ferva o creme de leite.

2.. Assim que ferver, despeje o chocolate partido em pedaços e abaixe o fogo. Mexa até derreter e ficar homogêneo.

Montagem

Sirva o sorvete com a ganache como calda. Dica da chef: faça o sorvete um dia antes da festa para garantir que vá ficar na consistência certa. A calda pode ser feita no dia Se for transportar, opte por uma bolsa térmica ou isopor.

Receita de brownie de ganache com especiarias de Natal

brownie em forma de pinheiro

Na versão natalina de Bertrand Busquet, o brownie ganha gostinho de especiarias e formato diferenciado.

Foto: Fernando Ctenas

"A combinação de laranja e especiarias remete a sabores de Natal para mim, que sou francês. E o brownie é uma receita fácil para se fazer em casa. Então, uni essas referências para deixar a sobremesa mais gostosa! A decoração fica bonita para enfeitar a mesa e também pode ser um presente."
Bertrand Busquet, chef e diretor da Chocolate Academy São Paulo, voltada para cursos e workshops de criações que têm o chocolate como matéria-prima.


Tempo de preparo: 45 minutos + tempo para esfriar

Rendimento: 5 unidades

Ingredientes

Brownie
300 g de chocolate meio amargo com 60,3% de cacau, em gotas ou picado
150 g manteiga sem sal
250 g ovos
150 g farinha de trigo
370 g açúcar refinado
150 g nozes picadas

Ganache com especiarias
240 g de chocolate meio amargo com 60,3% de cacau, em gotas ou picado
200 g creme de leite fresco
20 g xarope de glucose
raspas da casa de meia laranja Bahia
1 pitada de 4 épice (um mix com pimenta-do-reino preta, noz-moscada, gengibre e cravo)
1 colher (café) de canela em pó

Modo de fazer

1. Derreta a manteiga com o chocolate em banho-maria, em fogo baixo, e reserve.

2. Com um fouet (batedor de arame), Misture bem os ovos com o açúcar e adicione a mistura ao chocolate.

3. Incorpore a farinha de trigo e misture bem com o fouet até ficar homogêneo.

4. Incorpore as nozes picadas à massa.

5. Forre uma assadeira (35 cm x 35 cm) com papel-manteiga untado com manteiga, ou use uma forma de silicone do mesmo tamanho (sem untar).

6. Despeje a massa sobre o papel-manteiga e asse em forno preaquecido a 170ºC por cerca de 35 minutos. Ao espetar um palito, ele deve sair levemente sujo.

7. Para fazer a ganache, aqueça o creme de leite fresco junto com as raspas de laranja, as especiarias e o xarope de glucose até ferver. Tire do fogo, coe e despeje sobre o chocolate em gotas ou picado em um bowl. Aguarde 1 minuto e emulsione à mão com um fouet ou com mixer de mão até obter uma mistura lisa e homogênea. Deixe endurecer até o ponto cremoso.

Finalização

Se quiser um efeito lúdico, corte o brownie em triângulos de tamanhos diferentes e monte em formato de árvore, como na foto. Com um saco de confeitar ou um saco plástico com a ponta cortada, faça bolinhas com a ganache de especiarias decorando toda a superfície do brownie. Se quiser ir além, decore ainda com crispearls (bolinhas crocantes) de chocolate amargo e ao leite. Se for transportar, acomode os brownies em uma caixa de papelão ou no prato no qual será servido, protegendo com filme-plástico. Pode ser servido com sorvete de creme e/ou chantilly.

Receita de cuca de maçã com doce de leite

Cuca com formato de bolo ingl\u00eas

Cuca, uma das contribuições da culinária do Sul do país para alegrar mesas pelo Brasil

Foto: Nathalia Gonçalves

"A cuca chegou ao Brasil com os imigrantes alemães e é super comum no Sul do país. Qualquer casa na região prepara cucas! Eu aprendi a receita com a minha mãe. Tenho lembranças da minha infância montando ao lado dela as maçãs em fileiras. Em casa, a mais comum era a de maçã, a mais tradicional, mas, às vezes, preparávamos a de banana também. É uma sobremesa que funciona tanto para o dia a dia quanto para uma reunião especial. Essa cuca acompanha muito bem um sorvete neutro, de baunilha, por exemplo. Recém-saída do forno também fica uma delícia!'
Nathalia Gonçalves, chef confeiteira do restaurante Charco, na capital paulista, casa de cozinha autoral inspirada na culinária do sul do país.

Rendimento: 1 fôrma de 21cm x 9,5 cm e 6 cm de altura)

Tempo de preparo: 1 hora

Ingredientes

Massa
4 ovos
1 ½ xícara de açúcar
1 xícara de leite
½ xícara de óleo de soja
1 pitada de sal
2 colheres (sopa) de fermento em pó.
2 xícaras de farinha de trigo

Recheio
3 xícaras de maçã fuji em fatias
2 xícaras de doce de leite

Crumble
2/3 xícaras de farinha de trigo
3 colheres de açúcar refinado
1 pitada de canela em pó
½ xícara de manteiga

Modo de fazer

1. Na batedeira, em velocidade alta, bata o açúcar e os ovos até dobrar de volume.

2. Acrescente, aos poucos, os ingredientes líquidos e os secos, alternando.

3. Despeje a massa na fôrma untada com óleo e farinha.

4. Disponha as maçãs descascadas e cortadas em fatias finas em cima da massa.

5. Em seguida, coloque uma camada de doce de leite generosa.

6. Em um bowl, faça o crumble. Misture bem os ingredientes secos e depois acrescente a manteiga. Em seguida, mexa delicadamente com a ponta dos dedos até obter uma farofinha granulada.

7. Coloque o crumble por cima do doce de leite.

8. Leve a cuca para assar no forno preaquecido a 180ºC por 25-35 minutos (até o ponto de uma faca sair limpa da cuca).

Receita de pastiera di grano

Pastiera di grano com uma fatia cortada

A pastiera di grano é uma receita tradicional na Páscoa italiana, mas cai bem em comemorações durante todo o ano.

Foto: Divulgação Picchi

"É uma receita que me lembra muito a Itália e o período que passei em Nápoles. Por lá, é uma sobremesa servida em ocasiões festivas e, como leva frutas cristalizadas, combina muito com essa época do ano."
Pier Paolo Picchi, chef do restaurante Picchi, na capital paulista, que promove o encontro da culinária italiana clássica com a culinária moderna, além de trabalhar com diversos ingredientes brasileiros.

Tempo de preparo: 1 hora

Rendimento:10 porções

Ingredientes

Massa
500 g de farinha de trigo
300 g de manteiga
200 g de açúcar de confeiteiro
80 g de gema (2 ovos)
raspa da casca de 1 limão
1 pitada de sal

Recheio
500 g Ricota
350 g de trigo em grão
25 g de açúcar de confeiteiro
200 g de frutas cristalizadas
4 claras
4 gemas
300 g de leite
raspa da casca de 1 limão-siciliano
raspa da casa de 1 laranja
essência de laranja a gosto
1 litro de água

Modo de fazer

Massa
1. Junte todos os ingredientes, com exceção das gemas, num bowl, fazendo uma farofa. Misturar com as mãos ou com uma colher de pau ou silicone.

2. Acrescente as gemas e misture até deixar a massa homogênea.

3. Separe ⅓ da massa e leve as duas porções para descansar na geladeira por 30 minutos.

4. Após o descanso, abra a porção maior de massa em fôrmas individuais de aproximadamente 7 cm de diâmetro por 2 cm de altura. Reserve.

Recheio
1. Deixe o trigo em grão de molho em água fria por uma noite.

2. Após a hidratação, leve para cozinhar na mesma água em que os grãos ficaram de molho por 20 minutos, em fogo baixo.

3. Escorra e reserve.

4. Em uma panela, leve ao fogo o leite, o trigo em grão escorrido, sal e as raspas cítricas. Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo, mexendo de vez em quando, até secar todo o leite.

5. Deixe esfriar e reserve.

6. Passe a ricota na peneira e reserve.

7. Bata as claras em neve, adicione o açúcar de confeiteiro e bata mais um pouco. Reserve.

8. Para terminar o recheio, junte a ricota, as gemas, as frutas cristalizadas e a essência de laranja. Misture tudo e vá incorporando as claras em neve delicadamente.

Finalização

1. Espalhe o recheio sobre as formas já cobertas com a massa.

2. Corte a porção de massa reservada em tiras e entrelace-as sobre o recheio, formando um quadriculado.

3. Leve para assar em forno médio (aproximadamente 150º C) preaquecido por 20 minutos ou até dar uma leve dourada.

4. Retire do forno, espere esfriar e polvilhe com açúcar de confeiteiro.

5. Dica do chef: o doce pode ser servido sozinho ou acompanhado por uma bola de sorvete. Se for transportar, leve a sobremesa nas forminhas.

Receita de peras ao vinho tinto

prato com pera ao vinho cortada em leque servida com sorvete e creme amarelo

Fácil de fazer e levinha, a pera ao vinho é ótima para fechar uma refeição substanciosa.

Foto: Divulgação Terraço Itália

"Escolhi essa receita por se tratar de uma sobremesa especial e fácil de preparar, e que é característica não só de uma região, mas de toda a Itália. Ela mostra um pouquinho da riqueza da cozinha italiana."
Pasquale Mancini, chef que comanda a cozinha do Terraço Itália, na capital paulista, com menu que traz suas interpretações de clássicos da gastronomia italiana.

Tempo de preparo: 40 minutos

Rendimento: 4 porções.

Ingredientes

4 peras descascadas (você pode utilizar as peras inteiras ou cortadas ao meio, retirando as sementes)
400 ml de vinho tinto seco
140 g de açúcar
140 ml de água
2 cravos
½ canela em pau
1 anis-estrelado

Modo de fazer

1. Em um caldeirão, coloque as peras, o vinho e todos os demais ingredientes. Leve ao fogo alto até ferver.

2. Abaixe o fogo e deixe cozinhar por 10 a 15 minutos, até que as frutas fiquem com a consistência desejada.

3. Retire as peras do vinho e reserve em um recipiente, adicionando metade do vinho que está na panela. Deixe esfriar.

4. Despeje a outra metade do vinho em um panela menor e retorne ao fogo médio até conseguir uma consistência de um xarope/calda.

6. Caso precise transportar, leve em recipiente fundo, com peras mergulhadas na calda. Se quiser aprimorar a experiência, sirva o doce com uma bola de sorvete de creme.


E quem não precisa, né, gente? Mas há alternativas melhores – e muito mais gostosas – do que bolacha recheada e outros ultraprocessados. Confira 18 receitas fáceis e ligeirinhas para matar aquela vontade de comer um doce em grande estilo.



O set designer e diretor criativo Michell Lott é um grande entusiasta da data e sabe muito bem como enfeitar a casa com a magia que a época pede, e ainda respeitando as particularidades do nosso país. Vem ver as principais dicas do especialista para criar uma decoração natalina cheia de afeto.

PUBLICIDADE
Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE