PUBLICIDADE

Com o relaxamento das restrições de isolamento na Europa e a bem-sucedida temporada híbrida de alta-costura, a moda parece mesmo disposta a rever seus convidados fora da tela do computador. A Chanel anunciou nesta segunda-feira (19) que levará o desfile Métiers d'Art, que já aconteceu em Xangai, Roma, Edimburgo, Salzburgo e Dallas, de volta às ruas de Paris em 7 de dezembro.

A locação do desfile, que apresenta criações feitas com a matéria-prima exclusiva de ateliês como Lesage e Goossens, ainda não foi confirmada. O Grand Palais, palco dos grandes eventos de Paris e casa das apresentações da marca ao longo dos anos, está passando por reformas para as Olimpíadas de 2024. Um espaço temporário foi erguido perto da Torre Eiffel e tem recebido os eventos do Grand Palais, como a feira de arte Fiac e o torneio de salto Saut Hermès.

No entanto, Virginie Viard, diretora criativa da Chanel, tem preferido lugares menos populares, digamos. Para o desfile de alta-costura, o primeiro evento presencial da marca em 18 meses, ela escolheu o museu Palais Galliera.

A última vez que o Metiers d'Art aconteceu em Paris foi no final de 2019, após a morte do então diretor criativo da Chanel, Karl Lagerfeld, em fevereiro daquele ano. Já no ano passado, o desfile foi digital, gravado no castelo de Chenonceau na região do Vale do Loire, na França, com uma única pessoa na plateia, a atriz Kristen Stweart.

PUBLICIDADE
Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE