Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI

Nensi Dojaka, vencedora do Prêmio LVMH 2021

PUBLICIDADE

Na última terça-feira, 08.09, aconteceu a final da 8ª edição do Prêmio LVMH, na Louis Vuitton Fondation, em Paris. A cerimônia marcou a volta física do evento, que, no ano passado, foi cancelado em função da pandemia e dividiu o título de vencedor (e 300 mil euros) igualmente entre os oito finalistas.

Neste ano, a albanesa Nensi Dojaka, 27, foi a grande vencedora. Ela arrematou o prêmio mais cobiçado do dia, de nova designer de moda – ao todo eram cerca de 2 mil candidatos, de mais de 100 países diferentes. Dentre eles, nomes já bem conhecidos, como o da britânica Bianca Saunders, do francês Charles de Vilmorin e do estadunidense Christopher John Rogers.

Dojaka foi a escolha unânime entre o grupo de jurados e saiu com 300 mil euros, além de uma mentoria de um ano com o time de experts da LVMH.

Nensi Dojaka, com trof\u00e9u nas m\u00e3os, ao lado do time de jurados do Pr\u00eamio LVMH, a atriz Isabelle Huppert e os vencedores do Karl Lagerfeld Prize. Nensi Dojaka, com troféu nas mãos, ao lado do time de jurados do Prêmio LVMH, a atriz Isabelle Huppert e os vencedores do Karl Lagerfeld Prize, Colm Dillane, da KidSuper; Rui Zhou, da Rui, e Lukhanyo Mdingi.Foto: Saskia Lawaks

O júri é composto pelo alto escalão de executivos do conglomerado, como Delphine Arnault, Jean-Paul Claverie e Sidney Toledano, além dos diretores artísticos da empresa: Virgil Abloh (Off-White e Louis Vuitton), Jonathan Anderson (Loewe), Maria Grazia Chiuri (Dior), Marc Jacobs, Stella McCartney e Kim Jones (Dior, Fendi e o mais novo integrante da lista) e Nicolas Ghèsquiere (Louis Vuitton).

PUBLICIDADE

O Prêmio LVMH é famoso por catapultar novos criadores e já acertou e muito em suas escolhas passadas. Dentre os vencedores de outras edições, estão Ahluwalia, Tomo Koizumi, Marine Serre, Grace Wales Bonner, Jacquemus e Hood by Air.

No mesmo dia ainda houve a entrega do famoso Karl Lagerfeld Prize, que também premia um novo designer com uma tutoria de um ano do Grupo LVMH e 150 mil euros. Neste ano, no entanto, aconteceu um fato inédito e três designers foram beneficiados. Foram eles o estadunidense (e nova aposta do streetwear) Colm Dillane, da KidSuper; a chinesa Rui Zhou, da Rui; além do sul africano Lukhanyo Mdingi.

Quem é Nensi Dojaka?

Nascida na Albânia, a estilista vive em Londres, onde se formou na famosa Central Saint Martins. Ela já estagiou para Peter Pilotto e Fyodor Golan e fundou a marca homônima em 2017.

Com especialização em moda feminina e lingerie, sua etiqueta é uma fusão dessas duas frentes. Os vestidos de Dojaka têm influência na estrutura da roupa de baixo, além de uma conversa com o minimalismo e os recortes dos anos 1990. É fácil ver a sua queda pelos trabalhos de Ann Demeulemeester, Helmut Lang, além dos bodies feitos por Jean Paul Gaultier nessa época.

PUBLICIDADE


O uso de transparência, no entanto, associado à assimetria de remendos geométricos em cima de tule, organza e jersey, abordam o sexy de hoje em dia, quando a nudez do corpo está mais associada à segurança e poder do que qualquer outra coisa.

Isso fez com que as criações da estilista caíssem nas graças de estrelas como Emily Ratajkowski, Sophie Turner, Emma Corrin, Carey Mulligan e Bella Hadid (a modelo usou uma peça da designer no VMA de 2020, que muita gente achou ser Mugler).

Segundo a plataforma Lyst, o pretinho básico repaginado nas mãos de Dojaka foi parar no ranking dos 10 produtos mais desejados do primeiro trimestre de 2021.

Nensi Dojaka, ao fundo, apresentando um de seus looks, durante o Pr\u00eamio LVMH 2021. Nensi Dojaka, ao fundo, apresentando um de seus looks, durante o Prêmio LVMH 2021. Foto: Saskia Lawaks

A estilista ainda tem no currículo uma coleção cápsula em parceria com a Ssense, além de ter feito parte da Fashion East, organização londrina famosa por impulsionar novos criativos. No ano passado, ela também foi chamada para o programa de mentoria do estilista Alessandro Dell'Acqua, da No.21. E, depois de arrematar o prêmio LVMH, foi anunciada a mais nova participante do programa de suporte à novos criadores da varejista Matchesfashion.

O primeiro desfile próprio de Nensi Dojaka está programado para acontecer na próxima Semana de Moda de Londres, no dia 17 de setembro.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE