Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Colunistas

Halloween

Sobre um top 6 de fantasias e uma historinha de terror.

Ilustração: Mariana Baptista
PUBLICIDADE

Domingo vai ser Halloween. Uma coisa que tem a ver com os festivais do fim do verão para os celtas e com uma espécie de véspera do dia de Todos os Santos para os católicos. Ambos à sua maneira eram oportunidades de homenagear os mortos, abrir canal com o mundo do além-vida.

Com o passar do tempo, graças aos EUA, a coisa virou uma boa desculpa para vender abóboras, doces, cacarecos e fantasias variadas para festas aleatórias.

Dado o esquisito dessa data no Brasil, vou fugir da investigação histórica e ficar com o seu presente comercial. Esse que no fim das contas diz muito sobre nós e sobre o mundo trevoso em que de fato vivemos. O problema, sabemos, são os vivos.

Então proponho cinco fantasias assustadoras para o Halloween 2021 e termino com uma "destravinha antitreva" pra contar à meia-noite. Doce ou travessura?

Top 6 fantasias assustadoras para 2021, em ordem decrescente:

6. Top blogueira walking dead

Se juntássemos as populações inteiras de Milão e Paris não alcançaríamos o total de mortos pela Covid-19 no mundo. Fome epidêmica, desolação. No meio da tragédia, eis que surge a top blogueira la vie en rose com o olhar de Anabelle que lhe é característico. Ela solta um segredo de beauté e sorri fixo. Sobe um reels em hotel de megaluxo com direito a pacote completo e olhar perdido para a Torre Eiffel. Não tem uma foto de máscara durante a pandemia toda, o que nos leva a crer que é negacionista, imortal ou walking dead. Seu look muda conforme o cérebro que consome naquele dia, talvez naquela hora. Quando questionada, se confunde toda e começa a falar no dialeto do seu povo, soltando palavras como ootd, cruelty free, gratiluz.

PUBLICIDADE

5. Marombeiro from hell

De dia Farialimer, de noite, monstrão do crossfit que tem corpo fechado. Nele nada rela, porte de atleta, "o vírus não tem chance", isso é coisa de esquerdista. Máscara só carrega na região do queixo ou da orelha porque o patrão teve de obrigar a usar no local de trabalho. Tomou vacina escondido porque tinha passagem comprada pra Miami. Basta um grito gutural na frente do espelho para invocar uma selfie de bíceps gigante tatuado com "resiliência".

4. Jovem místico anti-vacina

Cercado de cristais extraídos em países pobres por trabalhadores semi-escravizados, o jovem místico antivax está seguro com suas terapias e sua boa casa de campo. Sua roupa é reciclável, sua aura é pura e limpa, ele vibra alto evitando doenças e claramente viabilizando a paz mundial. As evidências científicas nada são pra ele e seu perfume de incenso natural sem agrotóxicos. Quando você diz que tomou vacina fica passivo-agressivo recitando seus mantras sobre luz, alinhamento virtual de chakras e conspiração mundial. Se você o mandar tomar vacina três vezes, ele se manifesta por meio de um textão no insta escrito mediante inspiração superior e com valor de verdade absoluta.

PUBLICIDADE

3. Esquerdinha Samara

Desenvolve meticulosamente um certo look fundo de poço para disfarçar que é rico e faz skincare toda noite. Vida ganha, sua única obsessão é demonstrar que é "de esquerda suave" por meio de likes e posts anuais estilizados de #forabolsonaro. Uma vez tendo feito contato com você, exige que a mensagem de sua desconstrução seja passada para frente em até sete dias ou te elimina de suas redes. Quando confrontados, se reagrupam em festinhas clandestinas num "podrão" soltando pragas sobre polarização e radicalidade autoritária enquanto tomam bebida alcoólica com kombucha e discutem a lenda urbana do incrível ativista que "não curte economia" e nunca foi a um protesto popular.

2. Trilhardário ilusionista

Apoia ativamente tudo o que há de pior no mundo, mas graças à sua magia segue sendo "do bem". Sua lista de colaboradores e seguidores faz inveja ao Cão, mas investe muito em caridade. Seu dinheiro se multiplica de forma misteriosa graças à mão invisível senhora de todos os destinos. Raramente contrariado, qualquer coisinha pode ficar tentado a patrocinar uma guerra mundial e colonizar outros planetas segundo as regras de sua Legion of Doom. Mas segue muito grato e muito humano. Nas lojas na versão elegante ou normcore "gente como a gente".

1. O que não deve ser nomeado

Se manifesta em gente comum, celebridades e genocidas de todos os cargos e funções, enfeitiça multidões, tem todas e nenhuma cara específica, pode se fazer belíssimo ou a coisa mais horrenda do mundo sem muito esforço e gosta de espalhar que é indestrutível. Fantasia difícil de descrever porque aceita muitas interpretações só pra depois mastigá-las com seu apetite sem fim. Dizem que será enfrentado em uma nova saga que vai desbancar Crepúsculo, Game of Thrones e Harry Potter.

destravinha antitreva

Era uma vez um vampiro
Em seu último suspiro
Repetido repetido
Todo dia tudo igual

Sempre vivo sempre morto
Não entrou na brincadeira
Não passa de uma caveira
Com fantasia de corpo

Era uma vez um vampiro
Que derramou muito sangue
E fartou-se sua gangue
De beber e de babar

Tentou proibir as janelas
E tomar todas as casas
Mas as ruas decretaram
"Abaixo os ratos de asas"

Vasculharam catacumbas
Os castelos e aviões
Abriram todos os bunkers
E os mais escondidos porões

Ficou sem covil o nojento
Nem de estaca nem de tiro
Morreu de sol o sarnento
Era uma vez um vampiro

Veio enfim o novo dia
E o povo comemorava
Mas bem no meio da praça
Uma voz se destacava

Sem ter rosto conhecido
Um cidadão bem comum
Berrando subiu a fonte
"Sou ninguém e qualquer um"

Lembrou do início da peste
Nas altas rodas do Estado
Nos salões e nobres leitos
Nos jardins mais bem cuidados

Falou no direto e reto
Com verdade em seu recado
"O vampiro só entrou
Porque estava convidado"

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.