PUBLICIDADE

Se tem uma coisa que podemos achar boa em 2021 é que este é o ano em que as brasileiras estão tendo mais acesso a falas e debates sobre sexualidade e prazer. Nesse tempo todo trabalhando para aproximar o orgasmo da rotina das mulheres, foi só agora que finalmente consegui ver de perto a mudança real desse discurso atingindo proporções maiores, onde (mesmo que aos pouquinhos) a masturbação deixa de ser tão vista como um ato errado e proibido e passa a ser uma forma de autoamor e autocuidado. Até o time de superfamosas falando sobre o assunto aumentou e, agora, posso falar com orgulho que eu e Anitta temos algo chique em comum, que é o amor pelos vibradores de sucção clitoriana. E o que são os vibradores, senão ferramentas maravilhosas que nos ajudam nesse processo de autodescoberta e facilitam tanto o alcance do bem-estar sexual?

Gosto muito de trazer essa palavra "ferramenta" porque acho que é a que melhor resume a função dos sex toys. Eles não são substitutos, objetos milagrosos, "consolos" ou "brinquedinhos para mulheres fogosas ou solteiras". Têm muito mais proximidade com tecnologia e design a favor do prazer, independentemente do seu gênero ou estado civil, do que qualquer outra coisa. E como na última caixinha de perguntas ali no instagram da Elle o tema foi vibradores, percebi pelas dúvidas que, mesmo com essa abertura crescente, ainda faltam algumas informações sobre a relação da masturbação com os vibradores que realmente ajudem pessoas que estão na busca de adentrar nesse mundo tão maravilhoso e vibrante.

PUBLICIDADE

Por isso, na coluna deste mês, quem vai te fazer perguntas sou eu. Separei quatro questões que nós podemos trazer, como tarefa de autoinvestigação, para saber com convicção qual é o vibrador ideal pro seu momento atual.

1. Você conhece sua anatomia?

Primeiras coisas primeiro. Não adianta muito sonhar com um vibrador de ponto G sem nem saber o que essa área realmente é. Sabemos que muitas mulheres possuem dificuldade em mapear toda sua região íntima e isso vem por diversos fatores, como falta de encorajamento e a própria complexidade da região. Portanto pegue um espelhinho, posicione-o de um jeito que você consiga enxergar toda sua vulva e explore! Perceba seu clitóris, a distância entre a uretra e a entrada do canal vaginal, se quiser, sinta as diferentes texturas da parte interna da vagina com a ponta dos dedos, e vá no seu tempo. O importante aqui é procurar se apresentar pra si mesma antes de apresentar seu corpo a um sex toy.

PUBLICIDADE

2. Do que você gosta?

Uma vez que a apresentação é feita e você está cada vez mais íntima de si e tornando essa relação mais séria, procure perceber quais são os estímulos que te agradam mais. É no clitóris? No canal vaginal? Nos dois ao mesmo tempo? Em outras zonas erógenas além da região genital? Entenda também qual é a pressão mais confortável da mão em contato com a pele. O prazer vem com um toque mais intenso ou você se sente mais confortável com a suavidade? E o ritmo? Rápido, lento ou único e cheio de variações? Saber esses pontos são a chave pra saber qual é o tipo de vibrador que mais vai te fazer feliz, além de tornar todo e qualquer estímulo sexual mais potente.

3. O toque, além de prazeroso fisicamente, também tem sido emocionalmente satisfatório?

Tão importante quanto aprender e dominar o prazer físico, também é conseguir aceitar esse prazer sem culpa ou pesos. Nosso maior órgão sexual é o cérebro, não me canso de repetir isso, porque é verdade. Se dar atenção, amor e carinho sem se sentir egoísta ou pecadora ainda é difícil pra muitas de nós, eu entendo. Portanto, outra coisa que faz parte desse processo de investir no próprio prazer é aceitar que ele é legítimo e saudável e que faz parte do bem-estar como um todo. Quanto mais nossas emoções abraçam livres de julgamentos as potências da sexualidade, mais completas as experiências são!

4. Quais são as suas necessidades do momento?

E agora uma parte divertida pra ativar a criatividade. Imagine todos os cenários e possibilidades que você gostaria de explorar com sua nova ferramenta de prazer. Você procura um toy pra usar sozinha, acompanhada ou as duas coisas? Pra usar na banheira/chuveiro ou em outros lugares fora da água? Precisa que seja o mais silencioso possível ou ruído não é problema? Quer que ele carregue via USB (SIM, essa maravilhosidade existe) ou não se importa em comprar pilhas sempre que necessário? Já pensou em interações de vibradores que funcionam via aplicativo? Cada vez mais chegam novas tecnologias que abraçam nosso corpo, então, vale pensar também em um vibrador high tech, que tal? Enfim, esse é um mundo colorido e cheio de formatos diferentes, e certamente você encontrará o modelo perfeito (ou os modelos perfeitos) nessa busca, se conseguir identificar a maioria dessas questões.

Nós somos únicos em nossos sentidos e vivências, por isso, nunca respondo com um modelo específico quando me perguntam qual é o melhor vibrador pra quem nunca usou um. Isso vai sempre variar de pessoa pra pessoa. Digo por experiência própria de quem hoje é especializada em sex toys e teve uma primeira experiência ruim muitos anos atrás, comprando um vibrador que não era o que eu queria, junto com uma falta de noção do que eu realmente queria. A mágica é a gente que faz acontecer com nós mesmas, depois com os toys e/ou outras pessoas – não se esqueçam disso. O poder de se conhecer é algo imenso e que ninguém pode nos tirar.

Desejo uma ótima e prazerosa autoinvestigação e, precisando tirar qualquer dúvida, não tenham medo de me perguntar, combinado?

Clariana Leal é educadora sexual e carrega como propósito a abertura honesta e inclusiva do diálogo sobre sexo, desejo e corpo. Ela é também sócia da primeira sex shop brasileira 100% focada no prazer feminino. Na sua coluna Prazer sem dúvidas, vai responder mensalmente as dúvidas do público da ELLE pelo Instagram e também aqui no site.



No hospital, às vésperas de completar 91 anos, a educadora sexual garante a continuidade da luta pelo prazer feminino por meio de sua pupila Carlin Ross e seus workshops de masturbação.



Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE