PUBLICIDADE

Desde que deixou suas funções como membro da realeza britânica, Príncipe Harry não poupou detalhes sobre a vida na monarquia. Depois de dar entrevistas para Oprah e James Corden, o neto da Rainha Elizabeth participou do podcast de Dex Shepard, Armchair Expert, para divulgar sua nova série para a Apple TV+, The me you can't see, que discutirá saúde mental.

Harry, que hoje vive em Santa Mônica, nos Estados Unidos, com sua esposa, Meghan Markle, e o filho, Archie, lembrou que por volta dos 20 anos já tinha vontade de abandonar a monarquia. "Eu pensava: 'Não quero esse emprego. Não quero estar aqui. Olha o que tudo isso fez com a minha mãe. Como eu vou me estabelecer, ter uma esposa e uma família sabendo o que vai acontecer? Porque eu sei, vi como tudo funciona. Eu assisti por trás das cortinas'", disse o príncipe, citando a relação conturbada de sua mãe, Lady Diana, com a monarquia e a imprensa.

Ele conta que quando conheceu Meghan, ela o incentivou a procurar terapia para ajudá-lo com essas questões. "Foi como sair de uma bolha", lembra. Desde então, ele conta buscar formas de usar sua posição para fazer a diferença e, em suas palavras, "deixar sua mãe orgulhosa", como a série sobre saúde mental em parceria com Oprah.

PUBLICIDADE

Morando em Santa Barbara, Harry destaca que pode andar com Archie na garupa de sua bicicleta e ir à praia sem se importar com os paparazzi, algo constante em sua vida em Londres. "Três vezes na minha vida eu me senti impotente, uma delas foi no banco de trás do carro com a minha mãe, enquanto estávamos sendo perseguidos pela imprensa." Ele defende que ter sua intimidade fotografada o tempo todo "não é vida" e afirma não achar justo ser prisioneiro de sua casa apenas porque é membro da familia real britânica.

Ouça aqui a conversa de Príncipe Harry com Dex Shepard, em inglês.

Confira o trailer da série "The Me You Can't See", com Príncipe Harry e Oprah Winfrey


Série chega ao Apple TV+ em 21 de maio.





Uma das personagens mais esperadas de The Crown, Lady Di brilha na quarta temporada da série da Netflix. Relembre algumas características marcantes do seu estilo icônico que seguem sendo referência mesmo mais de duas décadas após a sua morte.

PUBLICIDADE
Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE