PUBLICIDADE

Após muita especulação, a HBO anunciou o retorno de uma das séries mais marcantes dos anos 2000: Sex and the City. A versão original esteve no ar entre 1998 e 2004 e apresentou ao mundo as personagens Carrie, Miranda, Charlotte e Samantha. A nova produção, no entanto, não contará com esta última já que Kim Cattrall deixou publicamente claro que não possui interesse em reviver seu papel.

As informações que já temos são: a série terá 10 episódios, se chamará And Just Like That, estará disponível na plataforma de streaming HBO Max e, de acordo com a empresa, seguirá "Carrie, Miranda e Charlotte e a complicada realidade da vida e amizade aos 30 anos que acaba ficando ainda mais complexa aos 50".

Apostando alto na nostalgia, diversas produções que marcaram época estarão de volta nos próximos meses. Entra elas, Gossip Girl também está ganhando uma nova versão (esta, no entanto, sem os as personagens originais).

Assista abaixo ao trailer divulgado pela protagonista Sarah Jessica Parker:

Por que Samantha (Kim Cattrall) não estará na nova versão de Sex and the City?

Kim Cattrall e Sarah Jessica Parker filmando Sex and the City.

Kim Cattrall e Sarah Jessica Parker filmando Sex and the City.

Getty Images

É difícil imaginar Sex and the City sem uma das quatro personagens principais, mas Kim Cattrall já havia avisado anteriormente que nunca voltaria a interpretar essa personagem. "É um não para mim", disse ela em 2019. Os rumores de um atrito entre as atrizes principais existiam desde 2000, mas foi confirmado em 2018, quando os boatos de um terceiro filme da franquia estavam quentes.

Em fevereiro, após a morte do irmão de Kim, Sarah Jessica Parker fez um comentário enviando condolências à ex-colega de elenco ao qual Kim respondeu com um post que dizia: "Vou deixar isso BEM claro (caso eu ainda não tenha feito). Você não é minha família. Você não é minha amiga. Estou escrevendo pela última vez para te dizer pare de explorar nossa tragédia no intuito de restaurar sua persona de 'boa garota'".

A atriz diz até hoje não se arrepender do que falou enquanto Sarah Jessica Parker fez questão de sublinhar que está tudo resolvido entre elas ao anunciar a volta da série. Respondendo a um comentário em seu perfil no Instagram, SJP escreveu: "Não. Eu nunca disse que não gosto dela. Nunca diria. Samantha não faz parte desta história, mas ela sempre fará parte de nós. Não importa onde estejamos ou o que façamos".

Em uma recente participação em um podcast, Kim relembrou que foi extremamente criticada por não querer voltar na época dos rumores de um terceiro filme. "Foram assombrosas algumas coisas que as pessoas me disseram. Era como se elas dissessem: 'me dê o que que quero. Se eu estou miserável você tem que estar também'".

Mesmo com toda a polêmica por trás dos bastidores, Kim parece ter boas lembranças da série e reconhece a importância que ela teve na época. Em uma entrevista ao LA times no ano passado, ela disse: "Eu não acho que ninguém sabia muito bem no que aquilo ia dar ou como faria parte do zeitgesit ao abrir portas para as mulheres se expressarem de forma honesta sobre como se sentiram sobre sua sexualidade, ou mesmo como elas interagiam com as amigas de uma forma real".

E será que alguma outra atriz interpretará Samantha Jones no lugar de Kim Cattrall? Um fã sugeriu que Jennifer Coolidge poderia, mas SJP respondeu apenas: "Nós temos novas histórias para contar. Estamos animadas", dando a entender que Kim não será substituída.

Quem mais não voltará ao reboot de "Sex and the City"?

Chris North Sarah Jessica Parker Sex and the City

Reprodução

Além de Kim Catrall, Chris North, o Mr. Big (ou John James Preston), principal interesse amoroso de Carrie Bradshaw durante Sex and the City, não reprisará seu papel no reboot. Ele chegou a participar dos dois filmes que seguiram a série, mas agora o futuro do personagem está incerto. Na internet, usuários especularam como a HBO irá explicar sua ausência. As apostas são para que ele terá morrido.

David Eigenberg, que interpretava o par romântico de Miranda Hobbes, também não voltará.

Onde assistir a nova versão de Sex and the City

Sarah Jessica Parker (Carrie), Kristin Davis (Charlotte) e Cynthia Nixon (Miranda) anunciaram no domingo (10.1) o retorno oficial da série na HBO, mais especificamente na HBO Max. A nova série se chamará And Just Like That..., uma referência à original, e terá 10 episódios.

Sem data de estreia confirmada, a produção começará no fim da primavera em Nova York. O diretor Michael Patrick King retorna como produtor executivo, assim como as atrizes que também desempenham este papel. O criador Darren Star, no entanto, não está envolvido (ele recentemente assinou a série Emily in Paris, para a Netflix) e as buscas por um showrruner e também para mais escritores começaram recentemente.

O que o elenco de SATC andou fazendo nos últimos anos

Sarah Jessica Parker (Carrie Bradshaw): sua relação com moda foi ficando cada vez mais forte e suas aparições no MET Gala são sempre aguardadas. Ela lançou uma linha de roupas e de sapatos, além de um perfume com seu nome. Também continuou atuando e estrelou filmes como Armação do Amor e a série Divorce.

Kristin Davis (Charlotte York): continuou atuando, mas não com tanta frequência. Ela é mais conhecida agora por se dedicar a trabalhos sem fins lucrativos, como, por exemplo, sendo embaixadora da Oxfam.

Cynthia Nixon (Miranda Hobbes): seguiu na carreira de atriz, chegando a ganhar um Emmy por Law and Order, e também tem se envolvido na carreira política. Em 2018, tentou virar a candidata democrata ao posto de governadora de Nova York, mas perdeu nas primárias. Ela é também uma ativista pelos direitos LGBTQ+.

Kim Cattrall (Samantha Jones): apareceu em alguns filmes, mas focou sua carreira em séries como Tell Me a Story e Sensitive Skin. Ela também escreveu dois livros: Kim Cattrall Sexual Intelligence e Being a Girl.

O reboot não se chamará "Sex and the City"

O reboot de Sex and the City não se chamará Sex and the City. Durante um evento em Nova York, Sarah Jessica-Parker revelou que o título da nova série será And Just Like That. Ela também contou que o reboot quase foi um podcast. "Eu estava ouvindo um podcast sobre o programa e disse ao Michael (Patrick King, um dos showrunners da produção): 'Nunca conversamos sobre a possibilidade, e essa é uma história exclusivamente nossa.'

Eventualmente, Parker e King questionaram a escolha por um podcast, e começaram a pensar em transformá-lo em uma série. "Um novo capítulo — não chamá-lo de Sex and the City, mas de outra coisa", explicou a atriz. "Eu sempre me perguntei 'onde estão essas mulheres? Elas ainda são amigas? Ainda saem juntas? Como é a vida delas?'"

Qual será o enredo do reboot de "Sex and the City" (And Just Like That)?

Sarah Jessica-Parker deu uma palinha do que esperar de And Just Like That: "Tanto Miranda quanto Charlotte têm filhos adolescentes. A série explorará também o que Carrie tem feito com o seu tempo, como é sua relação com as redes sociais e com o mundo digital, e como ela influenciou sua vida profissional'. Para quem não se lembra, Carrie Bradshaw, personagem de Sarah Jessica-Parker, era uma colunista de sexo em um jornal de grande circulação de Nova York. As mudanças que a cidade sofreu nas últimas décadas, aliás, também entrarão em pauta.

Outras notícias: Quem é o ator que faz o Duque de Hastings em Bridgerton e por que tantas pessoa estão obcecadas por ele?





Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE