Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Além de sexo, outro tema recorrente nesta temporada de verão 2022 é festa. Hoje mesmo vimos Dries Van Noten falando sobre o tema. Na Courrèges, o tema segue o legado futurista do fundador da casa, André Courrèges, um dos precursores da tendência space age, nos anos 1960. Daí a rave espacial idealizada por Nicolas Di Felice, que assumiu a direção da marca em setembro do ano passado.

Com uma passarela montada no parque Bois de Vincennes, a cena era mais para um festival de música do que desfile: camisetas de banda cropped, tops cruzados que deixam boa parte do torso de fora, calças com a boca ampla, fenda ou modelagem cargo com recortes no quadril, botas acima do joelho, bonés, capas longas e corta-ventos amplos.

As referências aos arquivos da marca aparecem no uso de tecidos sintéticos, como o vinil e as superfícies metálicas, bem como no shape de linhas retas, bem sessentinha – uma tendência que vem ganhando força com os desfiles de Paris.

Entre o sol a pino e a música eletrônica de batidas energéticas, era fácil identificar para onde as meninas da Courrèges caminhavam: os elementos de looks de rave estão todos lá. Para quem prefere ir à festa só depois que o sol se põe, há os vestidos envernizados superrecortados, os coletes longos e decotados, o trench coat de couro e tops transparentes canelados e assimétricos.

PUBLICIDADE

Hit nos anos 1960, a Courrèges fez sucesso com uma roupa inspirada na era espacial, mais quadradona ou evasê, sem marcar muito corpo, com direito a cores intensas e muito brilho metálico. Reinterpretar esses elementos para o agora é difícil – não precisa de muito para cair no caricato ou numa leitura muito literal. Nicolas consegue navegar bem nesse sentido. Sua roupa é fácil de usar e entender, ainda que não crie uma imagem de moda exatamente impactante.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE