Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Moda

Sofia Coppola e seus flertes com a moda

Nem só de cinema vive a diretora: ela estagiou com Karl Largerfeld e assinou uma bolsa para a Louis Vuitton.

Stephane Cardinale/ Getty Images
PUBLICIDADE

Aos 50 anos, recém-completados no dia 14 de maio, Sofia Coppola definitivamente foi para longe da sombra do pai, Francis Ford Coppola, diretor da trilogia O Poderoso Chefão. Trilhou uma carreira de sucesso, assinando longas como Virgens Suicidas (1999), Maria Antonieta (2006) e O Estranho Que Nós Amamos (2017). Por Encontros e Desencontros (2003), ela recebeu o Oscar de roteiro original em 2003 e foi uma das únicas sete mulheres indicadas pela academia na categoria de melhor direção.

Sofia Coppola Francis Ford Coppola Sofia Coppola e seu pai, Francis Ford Coppola, na Semana de Moda de Nova York em 2018. Paul Bruinooge e Patrick McMullan/ Getty Images

Os figurinos sempre chamam a atenção na filmografia de Sofia, e não é à toa. A cineasta sempre flertou com a moda, tanto na carreira, quanto em sua vida pessoal. Relembre alguns desses momentos:

  • Sofia serviu café a Karl Lagerfeld durante um estágio de verão que fez na Chanel quando adolescente, nos início dos anos 1980, no atelier parisiense da grife. Na época, ela não chegou a criar nenhuma peça para a grife, mas pôde acompanhar de perto o trabalho do estilista, de quem lembra com muito carinho.

Sofia Coppola Karl Lagerfeld 1987 Sofia Coppola e Karl Lagerfeld em 1987. Bertrand Rindoff Petroff/Getty Images

  • Seu contato com a Chanel abriu espaço para que várias peças da marca integrassem o figurino de seus filmes, entre eles Bling Ring: A Gangue de Hollywood, On The Rocks e um curta que co-dirigiu com seu pai, Francis Ford Coppola, chamado Life Without Zoe.
  • É uma via de mão dupla. Sofia também dirigiu alguns curtas publicitários para a marca, entre eles uma série de filmes que celebrou a coleção Métiers d'art, lançada no final de 2019/2020, e assinada pela amiga de longa data de Coppola, Virginie Viard.
  • Em 2021, Sofia também produziu um curta chamado The Chanel Iconic, que remonta a história do modelo de bolsa clássico da marca, o 11.12.

'The CHANEL Iconic' Campaign — CHANEL Bags www.youtube.com

  • Entre suas incursões pela moda, Sofia Coppola desenhou uma bolsa para a Louis Vuitton, chamada SC Bag.

Bolsa Sofia Coppola Louis Vuitton. A bolsa de Sofia Coppola para a Louis Vuitton.Bertrand Rindoff Petroff/Getty Images

  • Ela não ficou só nos acessórios! Em 1994, quando era considerada uma it-girl, Sofia Coppola lançou sua própria marca de roupas, a Milk Fed. Entre baby tees e vestidinhos, a futura cineasta confessou em entrevista a W Magazine que sempre quis ser estilista, mas achava que não tinha talento para isso.
  • A cineasta também é amiga pessoal de Marc Jacobs, e está sempre na primeira fila de seus desfiles. Em 1993, ela dirigiu um desfile em filme do estilista em parceria com seu então namorado, Spike Jonze. O evento aconteceu no Soho, em Nova York, e contou com apresentações do The Beastie Boys, Linda Evangelista e Chloë Sevigny.
  • No cinema, Sofia é conhecida pela exigência quanto ao figurinos seus filmes. Maria Antonieta, de 2006, que conta a história da imperatriz decapitada pela Revolução Francesa, ganhou o Oscar da categoria.


Maria Antonieta Sofia Coppola Kirsten Dunst Kirsten Dunst como Maria Antonieta, no filme homônimo de 2006.Divulgação





Em seus quase 40 anos de trajetória, Marc Jacobs nunca teve medo de seguir seu próprio "feeling" em uma carreira criativamente audaciosa. Relembre a história do estilista nova-iorquino, da infância sofrida à marca Heaven, sua mais nova aposta.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE