Gucci, Balenciaga, Saint Laurent não vão desfilar na semana de moda de Paris

Apesar de cada uma ter apresentado sua própria justificativa, a ausência das grifes parece uma estratégia do conglomerado Kering, que também detém a Alexander McQueen e Bottega Veneta.

PUBLICIDADE

Plataformas poderosas são aposta nas passarelas

Em uma quarentena dominada por chinelos e pantufas, a Valentino já parece interessada no que virá depois ー e spoiler: para a marca italiana, Lady Gaga, Cardi B e quem mais quiser se juntar, os pés ficarão bem longe do chão.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE