O que a venda da Supreme pode significar para a marca

Com 26 anos de história e parcerias com labels como Louis Vuitton e Comme des Garçons, a Supreme virou símbolo de uma subcultura e causa alvoroço por suas coleções limitadas.

Supreme, Kamala Harris e GucciFest

Neste episódio, a gente conta a história da Supreme, uma das maiores marcas de streetwear do mundo, que acaba de ser vendida por mais de US$ 2,1 bilhões de dólares.

PUBLICIDADE

Supreme anuncia parceria com Pat McGrath

A colaboração representa o primeiro produto de beleza lançado pela marca de streetwear.

O streetwear morreu. Vida longa ao streetwear!

Seria o fim do streetwear na moda? Apesar das falas e previsões apocalípticas, é praticamente impossível que o lifestyle vá embora tão cedo – ainda que ele venha se transformando nos últimos anos.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE