PUBLICIDADE

O ano começou um tanto quanto diferente para os amantes da sétima arte. A temporada de premiações do cinema que, tradicionalmente, varre os finais de semana do mês de janeiro foram adiadas por causa da pandemia de coronavírus — que, em um primeiro momento, atrasou a produção dos longas e agora impede a aglomeração de pessoas em premiações. A saída para os organizadores foi adiar os eventos e se preparar para a possibilidade de mesclá-los com o formatos digitais, aos moldes do que fizeram os desfiles de moda. Caberá a cada um decidir o melhor para si.

Para te ajudar a não se perder entre tantas datas e troféus, compilamos as informações que já foram divulgadas de cada uma das premiações de 2021. Confira:

Globo de Ouro, 28 de fevereiro

Taylor Swift no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020

P. Lehman / Barcroft Media via Getty Images

Abrindo a temporada de premiações, o 78º Globo de Ouro acontece em 28 de fevereiro em Beverly Hills, na Califórnia. A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, responsável pelo prêmio, no entanto, ainda não decidiu se a cerimônia será virtual, presencial ou um pouco dos dois. Os indicados foram anunciados em uma live no site e redes sociais do Golden Globes no dia 3 de fevereiro. Algumas categorias do Globo de Ouro são divididas entre "Drama" e "Comédia", como melhor filme, ator e atriz. Em outras, como diretor, ator e atriz coadjuvante, roteiro e fotografia, as produções concorrem todas juntas.

Confira os indicados e ganhadores do Globo de Ouro 2021.

Critic's Choice Awards, 7 de março

Awkwafina, Kate Beckinsale e Renee Zellweger no "tapete azul" do Critic's Choice Awards em 2020

David Crotty/Patrick McMullan via Getty Images

Conhecido como o evento do "tapete azul" — uma comparação com o "tapete vermelho" do Oscar — o Critic 's Choice Awards acontece, em 2021, no dia 7 de março. O prêmio, organizado pelos críticos norte-americanos, elege os melhores do ano no cinema e na televisão. Os indicados às categorias de TV foram anunciados em 18 de janeiro. As séries The Crown e Ozark, da Netflix, lideram as indicações, seguidas de perto por Lovecraft Country, da HBO. Já os concorrentes às categorias de cinema serão anunciados em 7 de fevereiro.

SAG Awards, 4 de abril

O SAG Awards — prêmio do Sindicato dos Atores de Hollywood — está marcado para o dia 4 de abril. O evento aconteceria em 14 de março, mas após o Grammy anunciar sua premiação para a data, os produtores do SAG optaram por remarcar a entrega das estatuetas. O prêmio elege os atores e atrizes que se destacaram no cinema naquele ano, e é um dos principais termômetros para o Oscar. Em 2020, a premiação foi o ponto de virada para Parasita, que a partir do SAG, ganhou uma série de títulos, entre eles o de melhor filme do ano. O mesmo aconteceu com Spotilight: Segredos Revelados, em 2016, e Quem Quer Ser Um Milionário?, em 2010.

Neste ano, o ator Chadwick Boseman bateu o recorde da premiação com quatro indicações, pelos filmes A Voz Suprema do Blues e Destacamento Blood. Boseman morreu em agosto de 2020, vítima de um câncer de cólon (leia mais sobre seu legado aqui).

Entre as séries, The Crown encabeça a lista com a cinco indicações, seguida por Ozark, indicado a quatro. O fenômeno de audiência da Netflix Bridgerton, que estreou no fim do ano passado, também abocanhou duas categorias: melhor elenco e melhor ator em série de drama, para Regé-Jean Page, o Duque de Hastings.

BAFTA, 11 de abril

O "Oscar britânico" está previsto para o dia 11 de abril. Os indicados ao prêmio, que inclui produções para o cinema e televisão, serão anunciados pela Academia Britânica de Artes Cinematográficas e Televisivas em 8 de fevereiro. Assim como o Globo de Ouro, a premiação se divide entre produções de comédia e drama. O evento acontece, tradicionalmente, no Royal Albert Hall, em Londres.

Oscar, 25 de abril

Elenco de "Parasita" durante a 92ª edição do Oscar

Matt Petit - Handout/A.M.P.A.S. via Getty Images

Antes marcado para 28 de fevereiro, a 93ª edição do Oscar acontecerá em 25 de abril, encerrando o ciclo de premiações de 2021. A cerimônia havia sido adiada apenas outras duas vezes na história: a primeira quando Martin Luther King foi assassinado, em 1968; a segunda quando o então presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan, sofreu uma tentativa de assassinato, em 1981.

As regras de elegibilidade dos filmes também sofreram alterações por causa da pandemia. Tradicionalmente, o Oscar aceita filmes que foram lançados no ano anterior à cerimônia, de 1º de janeiro a 31 de dezembro. Neste ano, no entanto, o período se estenderá até 28 de fevereiro de 2021 — é a segunda edição do Oscar que filmes de dois anos diferentes irão concorrer ao prêmio. Ainda, os filmes não necessariamente precisam ter sido exibidos em salas de cinema para concorrer aos prêmios, como era de praxe.

A 93ª edição do prêmio também sofrerá alterações independentes da pandemia. As categorias Mixagem e Edição de Som, por exemplo, foram reunidas em uma só, reduzindo o número de categorias do Oscar para 23. Melhor Filme Estrangeiro também sofreu mudança de nome, passando para Melhor Filme Internacional.

O anúncio dos indicados está marcado para 15 de março. A premiação, por hora, está prevista para acontecer no Dolby Theater, em Los Angeles, presencialmente. Os rumores são que a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas não tem planos de realizar a cerimônia virtualmente ou em formato híbrido.

BÔNUS: Framboesa de Ouro, 24 de abril

Paródia das demais premiações, o Framboesa de Ouro elege os piores filmes daquele ano. A "premiação" acontece sempre na véspera do Oscar, que neste ano será em 24 de abril. Entre os grandes ganhadores do prêmio estão o ator Sylvester Stallone, que já foi indicado 30 vezes e recebeu 10 Framboesas, e o filme Showgirls, de 1995, dono de 12 framboesas. Produções controversas entre o público, como a saga Crepúsculo e Batman vs Superman também foram reconhecidas pela premiação. Em 2020, a versão para os cinemas de Cats liderou as indicações.




Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE